Make your own free website on Tripod.com

ADIVINHEM QUEM É O TESOUREIRO DO CONSELHO NACIONAL DA IGREJAS – EUA? ...Mas não somos apenas observadores?

By Bereanos

Edição No Tempo do Fim

National Council of Churches USA, 36 faith communions joining hands and voices to express the love of Christ


   Commission Leadership 


Overview

Officers, Committees, Staff

Membership Directory

Commission Meetings

Media Advocacy / Education

Network TV Programming

Worldwide Faith News

Links for Communicators

Religion Calendar

NCC Home Page

 

FOR MORE INFORMATION:

About the Commission
Contact Wesley M. "Pat" Pattillo,
Associate General Secretary for Communication
National Council of Churches USA
475 Riverside Drive, Suite 880
New York, NY 10015
Phone: 212-870-2048
Fax: 212-870-2030
Email:
wpattillo@ncccusa.org
 


OFFICERS, 2004-2007

 Bob Chase, United Church of Christ, Chair of the Commission for 2006-2007, and member of the executive committee of the NCC Governing BoardNikki Stephanopoulos of the Greek Orthodox Archdiocese of America, Vice Chair of the Commission, 2006-2007Wanda Bryant Wills of the Christian Church (Disciples of Christ), secretary of the Communication Commission, 2006-2007Kermit Netteburg of the Seventh Day Adventist Church, Treasurer of the Commission, 2004-2007Larry Hollon, United Methodist Communications, Commission Representative to the NCC Board, 2004-2007

Chair: Bob Chase (216-736-2173)
United Church of Christ, Cleveland, Ohio
The chair represents the Commission as a member
of the executive committee of the NCC Governing Board.


Vice Chair: Nikki Stephanopoulos  (212-570-3530)
Greek Orthodox Archdiocese of America, New York, N.Y.

Secretary: 
Wanda Bryant-Wills
(317-713-2496)
Christian Church (Disciples of Christ), Indianapolis, Ind.

Treasurer: Kermit Netteburg (805-955-7770)
Seventh Day Adventist Church, Silver Spring, Md.

Representative to NCC Board:  Larry Hollon (615-742-5410)
United Methodist Communications, Nashville, Tenn

 

Somos Ecumênicos ou Não?

 

O Que é Ecumenismo?

“A linha de separação entre cristãos professos e ímpios é agora dificilmente discernida. Os membros da igreja amam o que o mundo ama, e estão prontos para se unirem a ele; e Satanás está resolvido a uni-los em um só corpo, e assim fortalecer sua causa arrastando-os todos para as fileiras do espiritismo. Os católicos romanos, que se gloriam dos milagres como sinal certo da verdadeira igreja, serão facilmente enganados por este poder operador de prodígios; e os protestantes, tendo rejeitado o escudo da verdade, serão também iludidos. Católicos, protestantes e mundanos juntamente aceitarão a forma de piedade, destituída de sua eficácia, e verão nesta aliança um grandioso movimento para a conversão do mundo, e o começo do milênio há tanto esperado.” O Grande Conflito Pág. 589 – Capitulo “O Maior Perigo Para o Lar”

 

Devemos Participar Dele?

Não podemos endossar envolvimento algum em ecumenismo nem espécie alguma de associação com a moderna Babilônia. “Não se unam, os atalaias sobre os muros de Sião, com os que estão a tornar de nenhum efeito a verdade como ela é em Cristo. Não se juntem eles à confederação de incredulidade, papismo e protestantismo.” 4BC, pág. 1141.

 

Que Devo Fazer?

“Na extensão em que alcançam as suas oportunidades, todo que recebeu a luz da verdade está sob a mesma responsabilidade que pesava sobre o profeta de Israel, ao qual veio a palavra: "A ti, pois, ó filho do homem, te constituí por atalaia sobre a casa de Israel; tu, pois, ouvirás a palavra da Minha boca, e lha anunciarás da Minha parte. Se Eu disser ao ímpio: ó ímpio, certamente morrerás; e tu não falares, para desviar o ímpio do seu caminho, morrerá o ímpio na sua iniqüidade, mas o seu sangue Eu o demandarei da tua mão. Mas, quando tu tiveres falado para desviar o ímpio do seu caminho, para que se converta dele, e ele se não converter do seu caminho, ele morrerá na sua iniqüidade, mas tu livraste a tua alma." Ezequiel 33:7-9.

 

Como Fazer?

Deveremos esperar até que se cumpram as profecias do fim, antes de dizermos alguma coisa a seu respeito? Que valor terão nossas palavras então? Deveremos esperar até que os juízos de Deus caiam sobre o transgressor antes que lhe digamos como evitá-los? Que é de nossa fé na Palavra de Deus? Teremos que ver as coisas preditas se realizarem, antes que acreditemos o que Ele diz? Em raios claros e distintos tem-nos vindo iluminação, mostrando-nos que o grande dia do Senhor está bem perto, "próximo, às portas". Leiamos e compreendamos antes de ser tarde demais.”

Testemunhos Seletos Vol. 3 Pág. 289

 

Onde Fazer?

"O Sinédrio rejeitara a mensagem de Cristo, e intentava matá-Lo; portanto, Jesus partiu de Jerusalém, afastou-Se dos sacerdotes, do templo, dos guias religiosos, do povo que fora instruído na lei, e voltou-Se para outra classe, para proclamar Sua mensagem, e remir os que haviam de levar o evangelho a todas as nações. Como a luz e a vida dos homens foi rejeitada pelas autoridades eclesiásticas nos dias de Cristo, assim tem sido rejeitada em todas as subseqüentes gerações. Amiúde se tem repetido a história da retirada de Cristo da Judéia. Quando os reformadores pregavam a Palavra de Deus não tinham idéia alguma de se separar da Igreja estabelecida. Os guias religiosos, porém, não toleravam a luz, e os que a conduziam eram forçados a buscar a outra classe, a qual estava ansiosa da verdade. Em nossos dias poucos professos seguidores da Reforma são atuados pelo espírito da mesma. Poucos estão à escuta da voz de Deus e prontos a aceitar a verdade, seja qual for a maneira por que se apresentam. Muitas vezes os que seguem os passos dos reformadores são forçados a retirar-se da Igreja que amam, a fim de declarar o positivo ensino da Palavra de Deus. E muitas vezes os que estão à procura da luz são, pelos mesmos ensinos, obrigados a deixar a Igreja de seus pais, a afim de prestar obediência."

O Desejado de Todas as Nações, pág. 232.

 

“Vagarosa e tristemente, Cristo, com os Seus discípulos, deixou para sempre o recinto do Templo.”

Spirit of Prophecy, vol. 4, p. 46

 

 

MINHA Igreja Participa Deste Movimento Ecumênico? Veja:

 

MATÉRIA PUBLICADA NO JORNAL “O PROGRESSO DE TATUÍ-SP” EM 22/12/2004  - PÁG. 2

Lançada Campanha Ecumênica

Criação do “Conselho Social Cristão” foi discutida

Da Redação:

 

Na quinta-feira, 8, aconteceu o lançamento do texto-base da Campanha da Fraternidade 2005, na Câmara Municipal. O evento contou com a presença de vários membros de igrejas cristãs do Estado, que, além de tratar sobre a campanha, apresentaram novas propostas de trabalhos a serem desenvolvidos em benefício da comunidade, entre eles o “ Conselho Social Cristão”.

Hélio Carnassale, pastor da Igreja Adventista do Sétimo Dia, apresentou a proposta que vem sendo discutida entre  entidades assistenciais ligadas, às igrejas cristãs, de unir as entidades de auxílio social, que foi denominada “ Conselho Social Cristão”. Esse órgão teria a finalidade de promover a paz por meio da união de esforços para melhorar o atendimento aos necessitados que acorrem às diversas igrejas em busca de auxílio.

O evento, que teve por objetivo principal lançar o texto-base da Campanha da Fraternidade 2005, iniciou-se com a apresentação do coral da Primeira Igreja do Evangelho Quadrangular.

Após apresentação, formou-se a mesa que contou, além do regente Sandro (que representou o bispo Darci Borba) e de Valter Aparecido Domingues (representando o Presidente da Câmara, Fábio Menezes), com a presença de Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto (bispo da Diocese de Itapetininga, representando a Igreja Católica), do reverendo Daniel de Oliveira (presidente do Presbitério, da Igreja Presbiteriana do  Brasil) e do pastor Hélio Carnassale, representando à Igreja Adventista do 7º Dia.

Complementando a mesa foram chamados o reverendo Osvandi Pedroso, da Igreja Presbiteriana do Brasil, de Tietê; Eduardo Piza (também de Tietê); João Emílio (vereador de Porangaba/SP); Carlos Lourenço (da Comunidade da Paróquia S.Francisco de Assis, de Capela do Alto; os advogados Marlei Barbosa de Carvalho e Jaime Fonseca (representando a OAB); e o terceiro-sargento Rogério de Arruda Pires, representando o Comandante da 4a. Cia. Da Polícia Militar.

Dom Gorgônio explanou a todos sobre o texto-base, o tema e o lema da Campanha da Fraternidade 2005, respectivamente, “Solidariedade e Paz” e “Felizes os que Promovem a Paz”, dando ênfase à parábola do samaritano, colocando, também, que a campanha é ecumênica e promovida pelo Conic (Conselho Nacional de Igrejas Cristãs), enfatizando a proposta que é “unir as igrejas cristãs e pessoas de boa vontade na superação da violência, promovendo a solidariedade e a construção de uma cultura de paz”..

Ele também falou sobre o subsídio produzido pela diocese de Itapetininga, denominado “A Diocese de Itapetininga assume a proposta do Conselho Nacional das Igrejas Cristãs do Brasil”.

Após a apresentação do coral da Igreja Adventista do Sétimo Dia, encerrando o evento, Werner Luiz de Oliveira Morelli, representando o professor Luís Antonio do Amaral, coordenador da Campanha da Fraternidade no Estado de São Paulo, lembrou que a CF-2005 é uma continuidade da CF-2000, que propunha um “Novo Milênio sem Exclusões”

 

NOTA: o Pr. Hélio Carnassale é o 1º Ancião da IASD/Mangueiras – CE; Distrito I de Tatuí/SP. Certamente em sua região ou distrito, tem notícias ou fatos semelhantes...

 

 

Somos Hoje a Igreja de DEUS?

“Contudo, ouvimos que a voz da Associação é a voz de Deus. Toda vez que ouço isto, tenho pensado que é quase uma blasfêmia. A voz da Associação Geral deveria ser a voz de Deus, mas não é, porque alguns em ligação com ela não são homens de fé e oração, não são homens de princípios elevados. Não há uma busca de Deus de todo o coração; não há um reconhecimento da terrível responsabilidade que repousa sobre aqueles nesta instituição para moldar e adaptar as mentes segundo a similitude divina”. Manuscrito 37, p. 8, abril de 1901.

 

 

Como Agia O Espírito da Profecia em Seus Dias (após 1901)?

". . . Tenho pouca confiança de que o Senhor está concedendo a estes homens em posições de responsabilidade, visão espiritual e discernimento celestial. Sou lançada em perplexidade quanto a seu curso de ação, e desejo agora dedicar-me a minha obra especial. Não ter parte em qualquer de seus concílios, nem participar de nenhuma reunião campal, nem de perto, nem de longe. Minha mente não será arrastada para a confusão pela tendência que eles manifestam em trabalhar diretamente contrário à luz que Deus me deu. Estou decidida. Preservarei a inteligência que Deus me deu. Minha voz tem sido ouvida nas diferentes conferências e campais. Devo agora fazer uma mudança... Eu os deixarei, pois, para receber a palavra da Bíblia... Esta é a luz que me foi dada, e não me desviarei dela".

Letter W-186, 2 de dezembro de 1902. Para Edson e Willie White, pp. 4-5.

 

 

Estamos TODOS Perdidos?

Vi que Deus tem filhos honestos entre os adventistas nominais e as igrejas caídas, e antes que as pragas sejam derramadas, ministros e povo serão chamados a sair dessas igrejas e alegremente receberão a verdade. Satanás sabe disto, e antes que o alto clamor da terceira mensagem angélica seja ouvido, ele suscitará um excitamento nessas corporações religiosas, a fim de que os que rejeitaram a verdade pensem que Deus está com eles. Ele espera enganar os honestos e levá-los a pensar que Deus ainda está trabalhando pelas igrejas. Mas a luz brilhará, e todos os honestos deixarão as igrejas caídas, e tomarão posição ao lado dos remanescentes.

Primeiros Escritos,  pág. 261

 

 

Estamos em Babilônia?

"O termo Babilônia, derivado de Babel, e significando confusão, é aplicado na Escritura às várias formas de religião falsa ou apóstata. Mas a mensagem anunciando a queda de Babilônia deve aplicar-se a algum corpo religioso que outrora foi puro, e se tornou corrupto. Não pode ser a igreja romana a que aqui se refere; pois essa igreja tem estado numa condição caída por muitos séculos". Espírito de Profecia, vol. 4, p. 232.8 (O Grande Conflito original de 1884).

 

(NOTA -Trecho eliminado do moderno O Grande Conflito). Confira:

http://egwdatabase.whiteestate.org/nxt/gateway.dll/egw-comp/section00000.htm/book05012.htm/chapter05029.htm#1

“Milhares de milhares que nunca ouviram palavras como essas, escutá-las-ão. Com espanto ouvirão o testemunho de que Babilônia é a igreja, caída por causa de seus erros e pecados, por causa de sua rejeição da verdade, enviada do céu a ela. Ao ir o povo a seus antigos ensinadores, com a ávida pergunta – São estas coisas assim? – os ministros apresentam fábulas, profetizam coisas agradáveis, para acalmar-lhes os temores, e silenciar a consciência despertada. Mas, visto que muitos se recusarão a satisfazer-se com a mera autoridade dos homens, pedindo um claro – “Assim diz o Senhor” – o ministério popular, semelhante aos fariseus da antiguidade, cheio de ira por ser posta em dúvida a sua autoridade, denunciará a mensagem como sendo de Satanás, e agitará as multidões amantes do pecado para ultrajar e perseguir os que a proclamam.”

O Grande Conflito, pág. 607

 

A Causa:

Aqueles que procuram remover os velhos marcos, não estão retendo firmemente; eles não estão se lembrando de como receberam e ouviram. Os que tentam introduzir teorias que removeriam os pilares de nossa fé quanto ao santuário ou quanto à personalidade de Deus ou de Cristo, estão agindo como cegos. Estão procurando introduzir incertezas e deixar o povo de Deus à mercê das ondas, sem uma âncora.

Os que afirmam estar identificados com a mensagem que Deus nos deu devem ter aguçada e clara percepção espiritual, para poderem distinguir a verdade do erro. A palavra proferida pela mensageira de Deus é: "Despertai os vigias!" Se os homens discernirem o espírito das mensagens dadas e se esforçarem por descobrir de que fonte elas provêm, o Senhor Deus de Israel os guardará de serem desencaminhados.

Manuscript Release 760, págs 9 e 10

Meditações Matinais 1999, pág. 235

 

NOTA: Oficialmente isto ocorreu em 1980 com a introdução da doutrina estranha (pagã) da trindade; deixando assim – da IASD – de ser considerada uma SEITA e consolidando a sua posição ecumênica!

 

Teremos Que Ser Uma Nova Igreja?

"O inimigo das almas tem buscado introduzir a suposição de que uma grande reforma deveria ter lugar entre os adventistas do sétimo dia, e que essa reforma consistiria em renunciar às doutrinas que permanecem como pilares de nossa fé, e engajar-se num processo de reorganização. Caso essa reforma tivesse lugar, o que resultaria? Os princípios da verdade que Deus em Sua sabedoria tem concedido à igreja remanescente seriam descartados. Nossa religião teria mudado. Os princípios fundamentais que têm sustentado a obra durante os últimos cinqüenta anos seriam considerados erro. Uma nova organização seria estabelecida. Livros de uma nova ordem seriam escritos. Um sistema de filosofia intelectual seria introduzido. Os fundadores desse sistema iriam às cidades e realizariam uma maravilhosa obra. O sábado, logicamente, seria considerado levianamente, bem como o Deus que o criou. Nada seria permitido permanecer no caminho do novo movimento. Os líderes ensinariam que a virtude é melhor do que o vício, mas Deus sendo removido, eles depositariam sua dependência no poder humano, o qual, sem Deus, é sem valor. O seu fundamento seria edificado sobre a areia, e a tempestade e a tormenta levariam de roldão a estrutura”.

Special Testimonies, Série B, # 7, pp. 39-40 (outubro de 1903).

Mensagens Escolhidas Vol I, pág. 204

 

Muitos levantavam a voz para clamar: "Aí vem o Esposo!" (Mat. 25:6) e deixavam seus irmãos que não amavam o aparecimento de Jesus, e não toleravam ouvi-los falar sobre Sua segunda vinda. Vi Jesus voltar Sua face dos que rejeitaram e desprezaram Sua vinda, ordenando, então aos anjos que levassem o Seu povo a afastar-se dos impuros, para que não fossem contaminados.

Os que foram obedientes à mensagem ficaram fora livres e unidos. Uma santa luz brilhou sobre eles. Haviam renunciado ao mundo, sacrificado seus interesses terrenos, abandonado seus tesouros terrestres, e dirigido seu ansioso olhar para o céu, esperando ver seu amado Libertador. Uma santa luz brilhava em seus semblantes, denunciando a paz e felicidade que lhes ia no íntimo. Jesus ordenou a Seus anjos que fossem e os fortalecessem, pois a hora de sua prova se aproximava. Vi que esses expectantes não tinham ainda sido provados como deviam ser. Não estavam livres de erros. E vi a misericórdia e a bondade de Deus em enviar uma advertência ao povo da Terra, bem como repetidas mensagens para levá-los a diligente exame de coração, ao estudo das Escrituras, a fim de poderem despojar-se de erros que haviam sido recebidos de pagãos e outros religiosos. Por meio dessas mensagens Deus tem estado a conduzir o Seu povo para onde Ele possa operar por eles com maior poder, e aonde eles possam guardar todos os Seus mandamentos.

Primeiros Escritos, pág. 249-250

 

NOTA: Para nós, o que vale é o que está nas Escrituras: Sai dela Povo Meu... Apoc 18:4. Certamente a IASD nunca esteve com a Verdade!

 

Como Nossos Irmãos Reagirão à Nossa Pregação:

"Perguntei a significação da sacudidura que eu vira, e foi-me mostrado que era determinada pelo testemunho direto contido no conselho da Testemunha Verdadeira à Igreja de Laodicéia. Isto produzirá efeito no coração daquele que receber e o levará a empunhar o estandarte e propagar a verdade direta. Alguns não suportarão esse testemunho direto. Levantar-se-ão contra ele, e isto é que determinará a sacudidura entre o povo de Deus."

Primeiros Escritos, págs. 269 e 270.

 

“Os que não receberam o sinal da besta e da sua imagem quando sair o decreto, terão que estar decididos a dizer agora: Não, não mostraremos estima pela instituição da besta.”

Primeiros Escritos Pág. 67  (CPB – 1988)

 

Textos Extraídos da Coletânea de Silas Jákel sobre o Ecumenismo.

 

MINISTÉRIO ESTUDANDO A BÍBLIA

http://estudandoabiblia.tripod.com

By

CIC – Congregação Israelita ‘o Caminho’

http://ocaminho.tripod.com

 

ocaminho@ig.com.br

 

RETORNAR